Liturgia da Vigília Pascal (Sábado Santo)

Ritos da Missa

MISSA DA VIGÍLIA PASCAL

COR: Branca
Glória
Prefácio da Páscoa I
ofício próprio

 (obs: todos se reúnem fora da Igreja em volta do fogo acesso.)

I – CELEBRAÇÃO DA LUZ

O sentido da Vigília

Meus irmãos e minhas irmãs. Nesta noite santa, em que nosso Senhor Jesus Cristo passou da morte à vida, a Igreja convida os seus filhos dispersos por toda a terra a se reunirem em vigília e oração. Se comemorarmos a Páscoa do Senhor ouvindo sua palavra e celebrando seus mistérios, podemos ter a firme esperança de participar do seu triunfo sobre a morte e de sua vida em Deus.

Bênção do Fogo

Ó Deus, que pelo vosso Filho trouxestes àqueles que creem o clarão da vossa luz, santificai + este novo fogo. Concedei que a festa da Páscoa acenda em nós tal desejo do céu, que possamos chegar purificados à festa da luz eterna. Por Cristo, nosso Senhor.

Preparação do Círio

 PR: Cristo ontem e hoje (faz a incisão da haste vertical da cruz)

Princípio e Fim (faz a incisão da haste horizontal)

Alfa (faz a incisão da letra alfa no alto da haste vertical)

e Ômega (faz a incisão da letra ômega embaixo da haste vertical)

A ele o tempo (faz a incisão do nº 2 sobre o ângulo esquerdo superior da cruz)

E a eternidade (faz a incisão do nº 0 sobre o ângulo direito superior)

A glória e o poder (faz a incisão do nº 1 no ângulo esquerdo inferior)

pelos séculos sem fim, amém (faz a incisão do nº 6 no ângulo direito inferior)

(o presidente aplica os cravos)

PR: Por suas santas chagas, suas chagas gloriosas O Cristo Senhor nos proteja e nos guarde. Amém

(o presidente acende o círio)

PR: A luz de Cristo que ressuscita resplandecente dissipe as trevas de nosso coração e nossa mente.

(dentro da Igreja)

PR: Eis a luz de Cristo.

AS: Demos graças a Deus.

(Quando todos estiverem na Igreja, acendem-se as luzes, mantêm-se as velas acessas e canta-se a proclamação da Páscoa.)

II – LITURGIA DA PALAVRA

PR: Meus irmãos e minhas irmãs, tendo iniciado solenemente esta vigília, ouçamos no recolhimento desta noite a palavra de Deus. Vejamos como ele salvou outrora o seu povo e nestes últimos tempos enviou o seu Filho como Redentor. Peçamos que o nosso Deus leve à plenitude a salvação inaugurada na páscoa.

1ª leitura: Gn 1,1-2,2 // Salmo: Sl 104

Oração

Ó Deus, admirável na criação do ser humano e mais ainda na sua redenção, dai-nos a sabedoria de resistir ao pecado e chegar à eterna alegria. Por Cristo, nosso Senhor.

2ª leitura: Gn 22,1-18 // Salmo: Sl 16

Oração

Ó Deus, Pai de todos os fiéis, vós multiplicais por toda a terra os filhos da vossa promessa, derramando sobre eles a graça da filiação e, pelo mistério pascal, tornais vosso servo Abraão pai de todos os povos, como lhe tínheis prometido. Concedei, portanto, a todos os povos a graça de corresponder ao vosso chamado. Por Cristo, nosso Senhor.

3ª leitura: Ex 14,15-15,1 // Salmo: (Ex 15,1-8)

Oração

Ó Deus, vemos brilhar ainda em nossos dias as vossas antigas maravilhas. Como manifestastes outrora o vosso poder, libertando um só povo da perseguição do faraó, realizais agora a salvação de todas as nações, fazendo-as renascer nas águas do batismo. Concedei a todos os seres humanos tornarem-se filhos de Abraão e membros do vosso povo eleito. Por Cristo, nosso Senhor.

4ª leitura: Is 54,5-14 // Salmo: Sl 30

Oração

Deus eterno e todo-poderoso, para a glória do vosso nome, multiplicai a posteridade que prometestes a nossos pais, aumentando o número dos vossos filhos adotivos. Possa a Igreja reconhecer que já se realizou em grande parte a promessa feita a nossos pais, da qual jamais
duvidaram. Por Cristo, nosso Senhor.

5ª leitura: Is 55,1-11 // Salmo: (Is 12,2-6)

Oração

Deus eterno e todo-poderoso, única esperança do mundo, anunciastes pela voz dos profetas os mistérios que hoje se realizam. Aumentai o fervor do vosso povo, pois nenhum dos vossos filhos conseguirá progredir na virtude sem o auxílio da vossa graça. Por Cristo, nosso Senhor.

6ª leitura: Br 3,9-15.32-4,4 // Salmo: Sl 19

Oração

Ó Deus, que fazeis vossa Igreja crescer sempre mais, chamando todos os povos ao evangelho, guardai sob a vossa contínua proteção os que purificais na água do batismo. Por Cristo, nosso Senhor.

7ª leitura: Ez 36,16-28 // Salmo: Sl 42

Oração

Ó Deus, força imutável e luz inextinguível, olhai com bondade o mistério de toda a vossa Igreja e conduzi pelos caminhos da paz a obra da salvação que concebestes desde toda a eternidade. Que o mundo todo veja e reconheça que se levanta o que estava caído, que o velho se torna novo e tudo volta à integridade primitiva por aquele que é princípio de todas as coisas. Por Cristo, nosso Senhor.

(acendem-se as velas do altar e se tocam os sinos, enquanto se canta o glória)

Oração do dia

Ó Deus, que iluminais esta noite santa com a glória da ressurreição do Senhor, despertai na vossa Igreja o espírito filial para que, inteiramente renovados, vos sirvamos de todo coração. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho…

8ª leitura: Rm 6,3-11 // Salmo: Sl 118

Evangelho

ANO A: Mt 28,1-10 // ANO B: Mc 16,1-8 // ANO C: Lc 24,1-12

III – LITURGIA BATISMAL

PR: (se houver batismo) Caros fiéis apoiemos com as nossas preces a alegre esperança dos nossos irmãos e irmãs (…), para que Deus todo-poderoso acompanhe com sua misericórdia os que se aproximam da fonte do novo nascimento.

 PR: (se não houver batismo) Meus irmãos e minhas irmãs, invoquemos sobre estas águas a graça de Deus Pai onipotente, para que em Cristo sejam reunidos aos filhos adotivos aqueles que renascerem pelo Batismo.

(se houver batismo, o presidente profere a oração sobre a água)

PR: Ó Deus de bondade, manifestai o vosso poder nos sacramentos que revelam vosso amor. Enviai o espírito de adoção para criar um novo povo, nascido para vós nas águas do batismo. E assim possamos ser em nossa fraqueza instrumentos do vosso poder. Por Cristo, nosso Senhor.

Bênção da água batismal

PR: Ó Deus, pelos sinais visíveis dos sacramentos realizais maravilhas invisíveis. Ao longo da história da salvação, vós vos servistes da água para fazer-nos conhecer a graça do batismo. Já na origem do mundo, vosso espírito pairava sobre as águas para que elas concebessem a força de santificar. Nas próprias águas do dilúvio prefigurastes o nascimento da nova humanidade, de modo que a mesma água sepultasse os vícios e fizesse nascer a santidade. Concedestes aos filhos de Abraão atravessar o mar Vermelho a pé enxuto, para que, livres da escravidão, prefigurassem o povo nascido na água do batismo. Vosso Filho, ao ser batizado nas águas do Jordão, foi ungido pelo Espírito Santo. Pendente da cruz do seu coração aberto pela lança fez correr sangue e água. Após sua ressurreição, ordenou aos apóstolos: “Ide, fazei meus discípulos todos os povos, e batizai-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”. Olhai agora, ó Pai, a vossa Igreja, e fazei brotar para ela a água do batismo. Que o Espírito Santo dê, por esta água, a graça do Cristo, a fim de que o ser humano, criado à vossa imagem, seja lavado da antiga culpa pelo batismo e renasça pela água e pelo Espírito Santo para uma vida nova. 

(se for oportuno, o presidente mergulha o círio na água e contínua)

PR: Nós vos pedimos, ó Pai, que por vosso Filho desça sobre toda esta água a força do Espírito Santo. E todos os que, pelo batismo, forem sepultados na morte com Cristo, ressuscitem com ele para a vida. Por Cristo, nosso Senhor.

(o presidente retira o círio da água e a assembleia reza:)

AS:Fontes do Senhor, bendizei o Senhor. Louvai-o e exaltai-o para sempre.

Renovação das promessas do Batismo

(Todos, de pé, acendem as velas e renovam as promessas do batismo.)

PR: Meus irmãos e minhas irmãs, pelo mistério pascal fomos no batismo sepultados com Cristo para vivermos com ele uma vida nova. Por isso, terminados os exercícios da Quaresma, renovemos as promessas do nosso batismo, pelas quais já renunciamos a satanás e suas obras, e prometemos servir a Deus na Santa Igreja Católica. Portanto:

PR: Para viver na liberdade dos filhos de Deus, renunciais ao pecado?

AS: Renuncio.

PR: Para viver como irmãos e irmãs, renunciais a tudo o que vos possa desunir, para que o pecado não domine sobre vós?

AS: Renuncio.

PR:  Para seguir Jesus Cristo, renunciais ao demônio, autor e princípio do pecado?

AS: Renuncio.

PR: Credes em Deus, Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra?

AS: Creio.

PR: Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e subiu ao céu?

AS: Creio.

PR: Credes no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição dos mortos e na vida eterna?

AS: Creio.

PR:  O Deus todo-poderoso, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos fez renascer pela água e pelo Espírito Santo e nos concedeu o perdão de todo pecado, guarde-nos em sua graça para a vida eterna, no Cristo Jesus, nosso Senhor.

AS: Amém.

(Apagam-se as velas. Enquanto o presidente asperge a assembleia com a água benta.)

Sobre as oferendas

Acolhei, ó Deus, com estas oferendas, as preces do vosso povo, para que a nova vida, que brota do mistério pascal, seja por vossa graça penhor da eternidade. Por Cristo, nosso Senhor.

Prefácio da Páscoa I

Oração Eucarística I

Antífona da comunhão:

Cristo, nossa Páscoa, foi imolado; celebremos a festa com o pão sem fermento, o pão da retidão e da verdade, aleluia! (1cor 5,7s).

Depois da comunhão

Ó Deus, derramai em nós o vosso espírito de caridade, para que, saciados pelos sacramentos pascais, permaneçamos unidos no vosso amor. Por Cristo, nosso Senhor.

fonte: Liturgia Diária nº 280. abr/15. Ed. Paulus

uma boa e abençoada Páscoa a todos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s