Liturgia do 4º domingo do Tempo Comum

Ritos da Missa

4º DOMINGO DO TEMPO COMUM

COR: Verde
Glória
Creio 
4ª semana do saltério

Antífona de Entrada

Salvai-nos, Senhor nosso Deus, reuni vossos filhos dispersos pelo mundo, para que celebremos o vosso santo nome nos gloriemos em vosso louvor (Sl 105,47)

Oração do dia

Concedei-nos, Senhor nosso Deus, adorar-vos de todo o coração e amar todas as pessoas com verdadeira caridade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Liturgia da Palavra

ANO A: 1ª leitura: Sf 2,3;3,12-13 // Salmo: Sl 146 // 2ª leitura: 1Cor 1,26-31 // Evangelho: Mt 5,1-12a.
ANO B: 1ª leitura: Dt 18,15-20  // Salmo:  Sl 95 // 2ª leitura:  1Cor 7,32-35  // Evangelho: Mc 1,21-28.
ANO C: 1ª leitura: Jr 1,4-5.17-19 // Salmo: Sl 71 // 2ª leitura: 1Cor 12,31-13,13 // Evangelho: Lc 4,21-30.

Evangelho

Aleluia, aleluia, aleluia.
Foi o Senhor quem me mandou boas notícias anunciar; ao pobre, a quem está no cativeiro, libertação eu vou proclamar!(Lc 4,18). 

Sobre as oferendas

Para vos servir, ó Deus, depositamos nossas oferendas em vosso altar; acolhei-as com bondade, a fim de que se tornem o sacramento da nossa salvação. Por Cristo, nosso Senhor.

Oração Eucarística IV

Antífona da comunhão:

Mostrai serena a vossa face ao vosso servo e salvai-me pela vossa compaixão! (Sl 30,17s)

Depois da comunhão

Renovados pelo sacramento da nossa redenção, nós vos pedimos, ó Deus, que este alimento da salvação eterna nos faça progredir na verdadeira fé. Por Cristo, nosso Senhor.

fonte: Liturgia Diária nº 289. jan/16. Ed. Paulus

2 Respostas para “Liturgia do 4º domingo do Tempo Comum

  1. A oração denominada Coleta do IV Domingo do Tempo Comum,

    Concéde nobis, Dómine Deus noster, ut te tota mente venerémur, et omnes hómines rationábili diligámus afféctu.
    (tradução literária livre: Concede-nos, Senhor nosso Deus, de venerar-te com toda a mente [todo o ser] e de amar com afeto racional todos os homens. Tradução oficial da CNBB: Concedei-nos, Senhor nosso Deus, adorar-vos de todo o coração e amar todas as pessoas com verdadeira caridade).

    Do Missale Romanum editio typica tertia 2008, é “nova”. Nova na história do missal como nós o conhecemos da Idade Moderna em diante.
    Tal oração estava presente no Missale Romanum editio typica altera de 1975, oração de número 343 e no Missale Romanum editio typica 1970, assinalada com o número 343, mas não constava no Missale Romanum de 1962 e consequentemente naquele do papa S. Pio V de 1570. Então, quem a compôs? De onde ela vem?
    Os Padres conciliares decidiram que, para proporcionar uma participação dos fieis aos sagrados mistérios, se fizesse uma acurada reforma geral na liturgia (SC 33). – Dentro dessa reforma geral estava também a reforma do Ano Litúrgico, que em síntese manteve a sequência habitual das celebrações, começando com o Advento, mas alterou a precedência das festas restituindo o valor primordial do domingo como Páscoa semanal em concomitância com a Páscoa anual (SC 192-193).
    – … e consequentemente a reforma dos livros litúrgicos feita por peritos (SC 41).
    Por causa do número reduzido de orações apresentadas pelo Missale Romanum de 1570, com sua última edição em 1962, pelo papa João XXIII, a fim suprir a necessidade de abundância eucológica para requerida pelo Ano Litúrgico restaurado, em conformidade com o que prescreveu SC 38, os peritos buscaram tais orações na mais antiga tradição da Igreja, de modo que a Coleta deste IV Domingo do Tempo Comum vem, ipsis litteris, do Sacramentário Veronense, também chamado Leoniano, oratio de número 432. Os estudiosos identificam varias datas e autores para este Sacramentário, primeiramente usado para a liturgia papal lateranense e depois passado ao uso dos títulos romanos. Os textos eucológicos são atribuídos especialmente aos papas Leão Magno (440-461) e Gelásio (492-496) e considerados recolhidos e agrupados pelo papa João III (561-574).
    Onde está mesmo a descontinuidade?

    • muito obrigado Dom Jerônimo, por enriquecer este humilde blog, que Deus te abençoe!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s